Saiba o que o motorista não deve esquecer para fazer uma viagem segura e sem sustos

Férias e malas prontas são apenas alguns requisitos para colocar o pé na estrada e festejar o Ano Novo. A segurança do veículo também faz parte dos checklists para uma viagem sem sustos.

Para evitar acidentes, o motorista deve fazer a revisão do carro e conferir o estado dos pneus e dos itens de segurança, segundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Dirigir em alta velocidade, fazer ultrapassagens indevidas e o consumo de bebidas alcoólicas são as principais causas de acidentes na estrada nesta época do ano.

Por isso, além de cuidar do carro, o motorista deve ter domínio do veículo e atenção às condições do trânsito das vias. De acordo com a Polícia Rodoviária também é válido planejar o itinerário da viagem e ter em mãos telefones de emergência, localização das bases da polícia e de pontos de apoio para eventuais paradas.

Bagagem

Respeitar a capacidade de carga do veículo também garante segurança na viagem. A carga transportada nos bagageiros – usados no teto ou na traseira do utilitário – não pode ultrapassar 50 cm de altura segundo o Conatran (Conselho Nacional de Trânsito).

Os bagageiros e reboques são as alternativas para aumentar a capacidade da carga sem desrespeitar a legistação. O transporte incorreto resulta em uma multa de quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) – o correspondente a R$ 85,13.

Confira outras dicas importantes, para manter a segurança durante a viagem:

- Verifique o nível do óleo e da água da bateria, parte elétrica, lâmpadas, pneus e estepe. Não se esqueça de levar o extintor de incêndio macaco, triângulo e chave de roda;

- Certifique-se de que a documentação do veículo está em dia;

- Visibilidade na estrada: mantenha os faróis baixos acesos, mesmo durante o dia. Em caso de neblina use farol baixo ou próprio para neblina;

- Segurança: mantenha uma distância segura dos veículos à frente e só ultrapasse em locais permitidos e com boa visibilidade. Para relaxar, faça uma parada a cada duas horas;

- Crianças: a cadeirinha é obrigatória para crianças até sete anos e meio. Crianças maiores de dez anos podem viajar no banco dianteiro.

Faça um Comentário